sábado, 27 de outubro de 2012

Filme: As Vantagens de Ser Invisível

Para quem procura: um filme para se identificar.


Gênero: drama

Ano: 2012 (em cartaz)

Diretor: Stephen Chbosky 

Elenco: Logan Lerman, Emma Watson, Ezra Miller, Nina Dobrev, Mae Whitman, Johnny Simmons, Paul Rudd. 


Classificação: 12

Distribuidor: Paris Filmes








“Doce, engraçado e incrivelmente tocante” - Elle

Depois de quase dois anos de espera, semana passada eu finalmente assisti As Vantagens de Ser Invisível ( The Perks of Being a Wallflower), uma adaptação do livro escrito por Stephen Chbosky e também dirigido por ele com dois atores que eu adoro: Logan Lerman e Emma Watson. E como era de se esperar, eu simplesmente amei o filme e não poderia deixar de falar um pouco sobre ele. 

O filme conta a história de Charlie, um garoto que escreve cartas a uma pessoa anônima contando sobre sua vida e sua insegurança ao começar o Ensino Médio. Ele tem problemas psicológicos causados por certos traumas do passado e tem dificuldade de interagir com outras pessoas preferindo sempre assumir uma posição passiva. 

Até que em um jogo de futebol do colégio ele conhece os irmãos Sam e Patrick, que simpatizam com a inocência e sinceridade do garoto e passam a introduzi-lo em seu mundo cheio de experiências comuns da adolescência como festas, músicas, garotas e até mesmo drogas fazendo com que Charlie aprenda a participar.

 Mas este não é um filme High School clichê, os personagens têm uma profundidade muito interessante, Patrick é gay e não pode assumir sua opção devido ao preconceito das pessoas, Sam é uma garota que passou por muitos problemas e tenta viver intensamente, sempre se entregando ao amor, a boa musica e a bons momentos, como na cena em que ela atravessa o túnel Fort Pitt na traseira de uma pick-up com os braços estendidos ao som de David Bowie, uma cena muito linda. E Charlie, que quer ser escritor, é muito sincero e parece conhecer a verdadeira essência das pessoas.

Além disso, o ritmo do filme é uma montanha russa, ele vai de cenas muito engraçadas a cenas que partem seu coração e fazem você refletir, além de  mostrar flashbacks da infância de Charlie pelos quais você vai entendendo o comportamento do personagem no desenrolar do filme.

Quanto a atuação, eu fiquei muito impressionada com o Logan Lerman, para mim esse é seu melhor filme, Charlie tem cenas engraçadas a cenas extremamente tocantes que Logan interpretou muito bem. Emma Watson (Sam) também deu um show, depois de assistir este filme você se esquece completamente que ela interpretou Hermione na saga Harry Potter por dez anos. E Ezra Miller é o “espírito livre” do filme, ninguém mais seria capaz de trazer Patrick à vida.

E eu não poderia deixar de mencionar a trilha sonora que também é muito boa, a música Heroes do David Bowie ficou perfeita na cena do túnel, Charlie e Sam também ouvem muito The Smiths, ele adora a música Asleep que é muito linda. A trilha sonora também tem artistas como Sonic Youth e The Samples.

O filme tem recebido muitas criticas positivas e já é considero um clássico moderno, assim como Juno (os filmes são dos mesmos produtores), há até boatos de que ele poderia ser indicado ao Oscar, mas são apenas boatos (que eu espero que se concretizem! :D). Portanto, não pense duas vezes e assista, você não vai se arrepender.

O único problema é que o filme só saiu em 33 cinemas no Brasil inteiro, então se você quiser assistir eu recomendo que procure as salas da Cinemark que tem uma maior cobertura. Eu e minha amiga Carol fizemos uma viajem para assistir, mas valeu a pena!


5 comentários:

  1. Nem preciso dizer que você me deixou mais ansiosa do que já estou para assistir esse filme né? HAHA
    Não me considero fã da Emma ou do Logan e sim uma admiradora do trabalho deles, e o que me faz querer ver ainda mais esse filme *o*
    Mas tenho que confessar o que me chamou mais atenção foi a sinopse e não os atores. Eu tenho uma queda por filmes/series escolares sabe? Sei lá, talvez por essa necessidade que eu tenho de encontrar personagens que se encaixe comigo nesse meio...
    Enfim, o filme não vai estreia aqui na minha cidade (posso chorar produção?), vou ficar aguardado alguma alma caridosa colocar algum link online para poder assistir ♥

    Adorei a sua resenha viu? bjbj

    http://rascunhosdasuuka.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, queria avisar que te indiquei para uma Campanha Literária!
    Está rolando um meme literário nos blogs, e eu marquei você para participar! É simples, e fácil de responder. Não sei se vc conhece meu blog, mas eu conheço o seu e resolvi indicá-lo. Para ver o meme é só dar uma passadinha no meu blog, tá?

    Obrigada! Beijos
    www.picturesandreams.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Esse filme deve ser um máximo. Só ainda não assisti porque prometi pra mim mesma que iria ler o livro e só depois ver o filme, e estou na fila para pegar emprestado com uma amiga hehe!

    Beijos
    www.picturesandreams.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. oie princesa bom dia!! Lindo post!! sempre tem coisas mto lindas aqui! adoro!!...Amiga tenho novo look no blog todos os dias tem um diferente!!! agradeço sua visita sua opiniao eh importante para mim. Feliz dia! bjus

    http://fashionbloggerandreiajakeline.blogspot.com.es/

    ResponderExcluir
  5. Vi na última sexta, mas em casa mesmo. Como você disse, tá difícil assistir ao filme nos cinemas, infelizmente. :~~
    Sabe, eu gostei mais do livro. Achei o filme meio soft demais, não sei. Penso em assistir de novo. Comparei ao livro e acho que as cenas que fiz na minha cabeça ficaram mais fortes, mais pesadas, do que no filme. Apesar disso, eu gostei muito da atuação dos atores que fizeram o Charlie e o Patrick, foram incrivelmente talentosos. Fiquei com frescura da Emma com cabelo curto, queria longos cabelos, mas enfim, haha, besteira.

    Bom, tou comentando aqui pela primeira vez e também visitando. Me identifiquei com tuas resenhas e pretendo voltar mais vezes. Tenho um gosto meio parecido com o teu ^^

    Um beijo, Raissa!

    ResponderExcluir